MENU

FLE e PLE

Para estudantes não francófonos que chegam à escola:

  • Para os alunos que começam a sua escolaridade em TPS (toute petite section) ou PS (petite section), correspondentes ao Maternal I e II (crianças com 2 e 3 anos respectivamente), a aprendizagem do francês é feita por imersão com o professor da turma.
  • A partir da GS (grande section), correspondente ao Pré-escola (crianças com 4 anos), é prestada assistência no ensino do francês como língua estrangeira (FLE) aos alunos que se encontram em grandes dificuldades ou que acabam de chegar sem qualquer conhecimento de francês. Esta assistência é temporária e não pode exceder dois anos. As aulas de FLE acontecem durante as 26 horas de aula semanais. Os alunos saem da sala de aula durante 3 a 4 horas por semana para seguirem um curso de francês adaptado com um professor especializado. O objetivo destes cursos é dar um conhecimento básico de francês para poder seguir os cursos sem maiores dificuldades.

Para os estudantes não-lusófonos que chegam à escola (o português é a língua do país de acolhimento na escola e não é considerado uma língua estrangeira no ensino secundário):

  • Para os estudantes do jardim de infância (de 2 a 5 anos), a aprendizagem é feita com professores de português (3 horas por semana) com a turma e em imersão durante os intervalos e recreios, por exemplo.

Para estudantes do ensino Fundamental I, são criados cursos específicos (curso PLE de português como língua estrangeira). Quando a turma tem um curso de português, os alunos não falantes de português são agrupados por conhecimento da língua para seguir um curso adaptado ao seu nível fora da sala de aula com um professor de português dedicado a esta aprendizagem. O estudante não pode permanecer mais de dois anos neste sistema. Ele deverá então seguir os cursos com o grupo da turma ou em grupos por competências.

PERCURSOS LINGUAS

PERCURSOS LINGUAS

A aprendizagem das línguas modernas desde a escola primária e a promoção de uma educação multilingue estão no centro do projeto de educação francesa noexterior. Contribuem para a excelência das nossas escolas e satisfazem as expectativas das famílias.
Aqui está uma brochura da AEFE que explica o projeto : "Parcours langue".

«