MENU

OS ENCONTROS INTERCULTURAIS

Os encontros interculturais

Os Ateliês Interculturais fazem parte de um projeto que promove a troca de experiências em torno do tema essencial da diversidade intercultural e social. Para isso, a APE e a direção do Lycée Molière desejam facilitar o discurso entre os interessados do Lycée Molière (pais, estudantes, professores e administração) e promover a interação entre diferentes organizações francesas no Brasil, contribuindo, assim, para a criação de uma comunidade unida e solidária.

O que você pode fazer

Convidamos vocês, como pais, quaisquer que sejam suas nacionalidades e consciências interculturais, a participarem destas oficinas para compartilhar seus pontos de vista e procurar juntos maneiras de explicar nossas diferenças.

Contexto

O Lycée Molière acolhe, cada vez mais, crianças que não falam francês e sem vínculos diretos ou indiretos com a França ou o francês. Neste caso, a escolha dos pais de enviar seus filhos ao Lycée é frequentemente motivada pela atração por uma escola bilíngue e internacional a um preço competitivo, sem nenhum conhecimento real do valor agregado do sistema educacional francês. Isto, às vezes, leva à decepção e a um mal-entendido por parte destes pais.

O desconhecimento da língua francesa e as diferenças culturais entre franceses, brasileiros e outras nacionalidades representadas no Lycée (entre alunos, pais, professores e funcionários) geram mal-entendidos, frustrações e dificuldades de integração.

Solução

A fim de identificar e trabalhar esses desentendimentos interculturais e facilitar a integração dos pais no Lycée Molière, a APE solicitou - e obteve - uma subvenção do Ministério da Europa e das Relações Exteriores para montar, em parceria com o Lycée Molière, o projeto de oficinas interculturais.

Objetivos

Identificar os mal-entendidos interculturais que estão em jogo dentro da comunidade.

Explicar e valorizar as diferentes abordagens e prioridades educacionais de acordo com cada cultura.

Converter uma escolha de escolaridade às vezes pouco fundamentada em uma escolha real e consciente.

Dar aos pais as ferramentas necessárias para compreender as escolhas educacionais francesas (língua francesa e consciência intercultural).

Fortalecer a rede dos diversos atores da presença francesa no Brasil para contribuir para a integração dos pais no Lycée Molière.

Método

Criação de oficinas interculturais (parceria com a Associação TellUs Cultures, especializada em ajudar as pessoas a entenderem as culturas umas das outras).

O que os pais dizem sobre essas oficinas:

"Obrigado por este workshop muito interessante para mim, que acabo de chegar ao Brasil. Foi um momento muito instrutivo.”

«